quinta-feira, 31 de dezembro de 2015

Como um quadro pode valer milhões

A arte movimenta uma das economias mais estranhas do mundo, com bolinhas coloridas e pinturas com esterco valendo milhões de reais. Entenda as regras do mercado dos artistas.

"63 milhões de dólares. É um aviso. Estou vendendo", ameaçou o leiloeiro, "64 milhões de dólares. Ainda em tempo", continuou. Os lances, que elevavam o preço do quadro em US$ 1 milhão a cada três segundos, eram sinalizados por placas levantadas no auditório da Sotheby's. A cena durou poucos minutos, tempo suficientes para que um recorde fosse quebrado: a venda de um quadro de Mark Rothko por US$ 72 milhões, ou R$ 144 milhões, representava, até aquela noite de 2007, o maior preço na carreira do pintor. E, mesmo com tanto dinheiro flutuando pelo lugar, o leiloeiro parecia entediado. Com o corpo apoiado num gabinete de madeira, o alemão Tobias Meyer recitava as cifras quase que com desdém. Aqueles milhões eram rotina.

Veja Matéria na Integra - Acesse: http://super.abril.com.br